18 dicas de como instalar câmeras de segurança

câmeras de segurança CFTV

 

 

As câmeras de segurança é uma maneira relativamente barata de monitorar uma propriedade e, também, de intimidar pessoas má intencionadas

Apesar de simples, a instalação desse circuito requer alguns cuidados

Veja abaixo as principais dicas para realizar essa instalação de forma segura

 

Entenda a importância de utilizar boas câmeras de segurança

Um dos motivos mais importantes de investir em boas câmeras de segurança é obter a melhor qualidade na geração de imagens

As imagens com boa resolução permitem uma identificação mais rápida de detalhes como rostos e objetos em uma situação que exija esse tipo de reconhecimento, tanto em situações de roubos como também em situações dentro de empresas

Boas câmeras de segurança também é uma forma de prevenir e coibir assaltos, furtos e invasões
Afinal, as câmeras de segurança realizam o armazenamento das imagens e muitos modelos até dão acesso às imagens em tempo real através do celular, notebooks e outros dispositivos

Além disso, algumas realizam disparos sonoros e ligação para emergências, chamando autoridades competentes para ajudar o quanto antes

O registro feito pelas câmeras de segurança também atua como prova em situações de conflito ou outras situações, como acidentes, perdas e outros casos que precisem de uma conferência do que ocorreu em determinado local

Do ponto de vista financeiro, o investimento em boas câmeras de segurança pode ser a garantia de funcionamento quando você mais precisa

Afinal, não adianta investir em um sistema de segurança se ele apresentar falhas constantes, te deixando sempre na mão, estou certo?

Ou seja, um sistema de segurança de qualidade representa custo-benefício, pois não precisa ser trocado ou de manutenção com frequência

 

5 dicas para melhor instalar câmeras de segurança:

1 – Faça um diagrama de suas necessidades de segurança

Você precisa priorizar as áreas que mais quer observar. Imprima as plantas do imóvel e anote onde deseja instalar câmeras de segurança. Quando acabar, verifique cada local para ver se ele não é bloqueado por nada e garanta que a visão fornecida seja a melhor possível

Dicas de locais estratégicos:

Nas portas da frente e dos fundos
Nas janelas que dão para a rua
Nos espaços de convivência amplos
Nas entradas para carros
Nas varandas
Nas escadas

 

2 – Compre o pacote adequado para as suas necessidades.

Você pode comprar cada peça individualmente, mas geralmente é mais barato e mais fácil comprar sistemas em pacotes. O sistema deverá ter de uma a três câmeras, um DVR (gravador de vídeo digital), fiação apropriada (cabos siameses e BNC) e cabos de energia

As câmeras de segurança sem fio com suporte para a parede deverão atender às suas necessidades, a não ser que você escolha monitorar uma área grande

 

3 – Como alternativa, compre suas câmeras de segurança individualmente.

Depois que souber de quantas câmeras de segurança você precisará, será necessário pensar nas câmeras específicas que você quer. Um sistema de segurança pode custar de algumas centenas de reais até alguns milhares, por isso pense no tipo de câmera de que precisará antes de comprar

Os recursos abaixo deverão estar descritos de forma clara na caixa. Embora você possa adquirir todas as peças separadamente, comprar um conjunto completo geralmente é mais barato e mais fácil de instalar

Sem fio vs. com fio: as câmeras de segurança sem fio são fáceis de montar sem furos ou cabos passando pela casa, mas a qualidade da imagem pode piorar quanto mais as câmeras se afastarem do receptor. Se você estiver cobrindo uma área grande, use fios, mas na maioria dos imóveis o mais fácil é usar câmeras sem fio

Interna ou externa: as câmeras de segurança que não são feitas para ficarem do lado de fora quebrarão facilmente quando expostas à chuva e à umidade, portanto, escolha bem

Sensor de movimento: algumas câmeras de segurança gravarão apenas ao captar movimento, economizando espaço de armazenamento e energia e capturando imagens somente quando alguém estiver no local

Visualização remota: muitas câmeras de segurança mais avançadas oferecem a habilidade de exibir as gravações por transmissão em seu smartphone ou notebook em qualquer lugar do mundo, tornando possível verificar sua casa usando um programa ou um aplicativo fornecido

 

4 – Monte um dispositivo de gravação e um monitor.

Para gravar e visualizar suas gravações, você precisará de um gravador de vídeo digital (DVR). Esse dispositivo recebe todas as gravações e as exibe em um monitor, geralmente uma tela de computador ou uma TV pequena

Os DVRs têm capacidades de memórias variadas que permitem a eles armazenar certa quantidade de vídeo, de centenas de horas até um dia de gravação

Se você comprar um kit de vigilância completo, o DVR geralmente virá incluso com as câmeras de segurança

Os gravadores digitais de vídeo em rede (NVRs) e os analógicos (VCRs), também disponíveis para compra, funcionam da mesma maneira que o DVR, usando um sinal de internet (NVR) ou fitas em branco (VCR) para gravar em vez de um disco rígido digital. As dicas de instalação a seguir funcionarão para eles também

 

5 – Teste seu equipamento antes de instalar.

Veja se os cabos, DVR, as câmeras e o monitor funcionam conectando cada um antes de instalar qualquer coisa

 

Como instalar na prática as câmeras de segurança?

Aqui vão mais 7 dicas:

 

1 – Escolha um ângulo alto e amplo para a câmera

O melhor ângulo de qualquer cômodo é geralmente olhando para baixo de um canto onde o teto encontre as paredes. Veja se pode ver claramente todas as entradas e saídas e se as câmeras de segurança estão perto de uma fonte de energia

Se você estiver instalando câmeras de segurança ao ar livre, coloque-a acima de 3 m para que ela não possa ser derrubada facilmente

 

2 – Instale a câmera na parede

Algumas câmeras de segurança vêm com adesivos para serem presas na parede, mas aparafusar é a maneira mais segura de instalá-las em longo prazo. Embora cada câmera seja diferente, a maioria delas pode ser instalada da mesma maneira:

• Coloque o suporte na posição desejada.
• Usando uma canetinha, faça marcas nos locais da parede por onde cada parafuso deve passar.
• Faça um buraco para cada parafuso usando uma furadeira elétrica.
• Martele os pinos de moldagem.
• Aparafuse o suporte na parede.
• Posicione a câmera no ângulo desejado

 

3 – Conecte as câmeras de segurança a uma fonte de energia

Quase todas as câmeras de segurança vêm com um adaptador que se conecta a uma tomada normal. Prenda a extremidade pequena e redonda na entrada de energia na parte de trás da câmera e a outra extremidade na tomada

• Se o adaptador estiver faltando ou quebrado, entre em contato com o fabricante

 

4 – Conecte as câmeras de segurança com fio ao DVR

O equipamento de vigilância é conectado usando uma conexão BNC cujos cabos são simples de usar, pois são idênticos dos dois lados. Você só precisa conectá-los à porta adequada girando uma porca na extremidade para travar o cabo no lugar. Prenda uma extremidade na saída (“output”) da câmera e outra em uma das portas de entrada (“input”) do DVR

• Observe a qual entrada você conecta as câmeras de segurança, pois seu DVR deverá estar configurado nela para que você possa visualizar a gravação

• Se o cabo não tiver uma conexão BNC, você pode comprar um adaptador simples on-line ou em uma loja de ferragens e inseri-lo na extremidade do cabo para torná-lo compatível com BNC

 

5 – Conecte as câmeras de segurança sem fio ao seu computador

As câmeras de segurança sem fio virão com um disco de software que você precisará instalar para ver suas gravações. Siga as instruções na tela para acessar as câmeras

• Algumas câmeras de segurança têm um pequeno receptor que se prende ao computador usando uma porta USB. Prenda-o corretamente

• Anote o endereço de IP da câmera (por exemplo, 192.168.0.5), se ele for fornecido. Esse número pode ser digitado em qualquer navegador de internet para que você possa visualizar sua câmera remotamente

 

6 – Prenda o monitor ao DVR

Essa conexão frequentemente usa um cabo BNC também, mas alguns DVRs podem ser conectados com cabos HDMI ou coaxial. Usando sua conexão preferida, prenda uma extremidade à porta de saída (“output”) do DVR e a outra à entrada (“input”) do monitor

• Você pode conectar quantas câmeras quiser no seu DVR, desde que ele tenha as entradas. Ele gravará automaticamente cada câmera que você instalar

• Preste atenção na entrada que usar, pois é essa que precisará escolher para ver suas câmeras de segurança

7 – Resolva os problemas de conexão

Veja se as câmera de segurança, o DVR e o monitor estão todos conectados a uma fonte de energia e ligados. Verifique se os cabos estão bem presos e se você selecionou as entradas corretas para seu DVR e monitor. Alguns monitores mostrarão todas as câmeras ao mesmo tempo, enquanto outros têm botões de entrada (“input”) que permitem a você alternar entre as câmeras

 

Como consolidar as câmeras de segurança?

 

Vamos aos últimos 6 passos para consolidar todo o sistema:

1 – Crie uma “central de monitoramento”

Ao conectar várias câmeras de segurança com fio de uma vez, você precisará de um local simples para levar todas as gravações a seu DVR. O local deverá ser fácil de acessar e permitir a você passar fios de qualquer lugar da casa sem problemas. Os porões, os escritórios e seu roteador de internet são todos bons lugares para montar sua central

• Você só precisará de um DVR para todas as suas câmeras

 

2 – Use cabos siameses para conectar seu sistema com eficácia

 

O cabo de vigilância mais comum é o siamês, que recebe esse nome porque consiste em dois cabos juntos. Um é para a energia e o outro, para o vídeo, o que significa que você só precisará passar um fio pela casa para instalar cada câmera. O cabo geralmente é vendido como RG59 ou RG6

• O lado trançado, vermelho e preto é para a energia. A parte vermelha é a positiva, e a preta é a negativa

• O cabo único e cilíndrico é para o vídeo, e cada extremidade terá um anexo BNC ou coaxial

3 – Use uma caixa de distribuição para alimentar várias câmeras de segurança usando uma só tomada

As caixas de distribuição, disponíveis on-line e em lojas de ferragens por preços acessíveis, permitem a você alimentar várias câmeras usando apenas uma fonte de energia. Elas vêm com várias portas e são ótimas para alimentar câmeras próximas ou aquelas que não fiquem perto de tomadas, como as do sótão

No entanto, você precisará usar fios bem longos para prender cada câmera à caixa

• Sempre conecte as câmeras de segurança antes de fornecer energia à caixa

• Compre uma caixa de distribuição grande o bastante para alimentar cada uma das câmeras de segurança. O número de saídas suportadas deverá estar escrito na embalagem

4 – Conecte cada cabo de vídeo a uma porta separada do DVR

Seu DVR pode lidar com várias câmeras de segurança de uma vez só, permitindo que você grave cada cômodo da casa com apenas um aparelho. Assim, o monitor exibirá cada câmera, ou você precisará alternar entre elas usando o botão de entrada (“input”) do DVR

5 – Esconda os fios

Para o sistema parecer mesmo profissional, você pode passar os cabos pelas paredes e em direção à sua central de monitoramento. Conheça o layout das paredes e a localização dos canos, cabos e colunas para começar a passar os fios. A tarefa exigirá fazer um furo na parede e passar o cabo por ela até seu DVR usando espaços abertos na casa, geralmente o sótão

• Se não se sentir confortável furando as paredes e passando cabos por elas, chame um profissional para lidar com essa tarefa

• Você também pode prender os cabos às paredes ou aos rodapés usando um grampeador industrial

• Considere esconder os cabos embaixo dos tapetes, mas prenda-os com fita para que ninguém tropece

 

6 – Como alternativa, chame especialistas em segurança para montar um sistema personalizado.

Nós da ConstruServices temos a experiência de configurar câmeras de segurança, sensores de movimento e chamadas de emergência automáticas para você

Se você não se sentir confortável para lidar com o cabeamento ou quiser recursos extras como sensores de movimento e sistemas de alarme, chame a ConstruServices e fique tranquilo!

Conclusão

Nesse artigo, trouxemos um passo a passo de como instalar câmera de segurança e como fazer a escolha certa para o seu projeto, seja ele residencial ou comercial

Existem muitas opções com excelentes desempenho atualmente, com imagens com alta resolução e a possibilidade de monitoramento 24 horas por dia através do celular

Ou seja, além da tecnologia contribuir para a qualidade de uma obra, ela também está ao lado da segurança

Como vimos, o passo a passo de instalação pode vir aser um tanto quanto complexo para quem não tem intimidade com sistemas de segurança

Portanto não deixe de chamar a ConstruServices para te ajudar desde o planejamento até a execução

Fique tranquilo e despreocupado com a ConstruServices! Seu melhor investimento

Faça contato

Veja mais aqui

Posts Relacionados

O Que é um Plano de Manutenção Preditiva? Conheça os 6 Principais Pontos!

1. Maximizando a Eficiência na Construção Civil através da Manutenção Preditiva Nos bastidores da excelência em obras e reformas reside um segredo valioso: Os Contratos…

Desvendando as 7 Vantagens do Piso Elevado

Piso Elevado : Inovação e Versatilidade para Seu Espaço Corporativo Na arquitetura moderna, o piso elevado emerge como uma solução verdadeiramente inovadora e versátil, capaz…

Conte com a ConstruServices para ter um serviço com qualidade e segurança!

Atuamos em serviços de manutenção elétrica, manutenção hidráulica, construção e reforma, CFTV, energia solar fotovoltaica, projetos arquitetônicos, serviços de TI e manutenção predial.

Nosso trabalho é focado no compromisso com o cliente em todas as fases do projeto para estabelecer uma parceria duradoura para satisfazer necessidades e superar expectativas.

Traga seus objetivos e metas e juntos encontraremos as melhores soluções!